Imagem Topo
Get flash player to play to this file

Perguntas mais frequentes sobre a técnica para parar de fumar aplicada no Instituto Marat

RESUMO DA PÁGINA

O Instituto Marat, centro especializado de tratamento contra o tabagismo, atua no Brasil desde 1976. Desde então, vem aprimorando sua técnica, tornando-se o único do gênero na América Latina. Seus resultados atingem índices de sucesso superiores a 70% dos casos tratados, resultados bem superiores aos obtidos com a maioria dos outros métodos, que não ultrapassam 30% dos casos.

- Como funciona o método auricular para parar de fumar aplicado no Instituto Marat?

A técnica, desenvolvida ao longo dos últimos 35 anos, consiste na sensibilização de áreas terapêuticas bem precisas no pavilhão auricular.

Esta ação tem como resultado inibir a necessidade física de fumar, atuando diretamente na dependência de nicotina do organismo.

O fumante deixa o cigarro praticamente sem ansiedade, insônia, nervosismo e principalmente, sem fome. Não há contra-indicações ou efeitos colaterais. O método não é invasivo e este procedimento é totalmente indolor. Nenhuma substância ou medicação é aplicada ou necessária ao longo do tratamento. Uma única consulta é suficiente. Permanecerão no local, por duas a três semanas, como proteção, dois micro selos de micropore.

- Este método funciona também para quem fuma muito e há muito tempo?

Quanto maior a dependência da nicotina, ou seja, o período de tempo que essa pessoa fuma e a quantidade de cigarros fumados, maior é a atuação da inibição, melhor é o resultado obtido.

- E quanto ao ganho de peso e nervosismo?

O tratamento do Instituto Marat reduz significativamente as reações da síndrome de abstinência, ou fissura, diminuindo o estresse e evitando a fome compulsiva, o ganho de peso e o nervosismo.

- Qual o risco de voltar a fumar?

Como resultado da sensibilização, o organismo não sente mais a falta da nicotina, afastando-se assim, o risco de voltar a fumar por causa da dependência física.

Nossa longa experiência mostra que este método é mais eficaz que outras técnicas, como: raio laser, acupuntura, piteiras, adesivos ou medicações antidepressivas (Zyban, Bup, Zetron). Champix, NicVac-NicVax.

- E quanto à dependência psicológica?

Na entrevista preliminar verifícam-se as condições emocionais atuais de cada fumante. Esta avaliação permite antecipar o resultado em quase 80% dos casos. Os rituais e gestos mecânicos serão esquecidos gradativamente. O fumante, se for preciso, será orientado como lidar com suas eventuais ansiedades. Orientamos o fumante a administrar de maneira eficiente os aspectos emocionais que poderiam levá-lo a fumar novamente.

Recomendamos não fazer o tratamento fumantes atravessando uma fase emocional difícil, com distúrbios psicológicos, ou fazendo uso de medicações antidepressivas.

- E quanto aos outros métodos e antidepressivos para deixar de fumar?

- Imãs - ZeroSmoke: Trata-se de um par de pequenos imãs auto-aplicados a esmo na parte superior do pavilhão auricular, um de cada lado, permanecendo por alguns dias, algumas horas. Novidade de eficácia duvidosa, plagiando seu funcionamento na auriculoterapia (especialidade da acupuntura).

- Piteiras e Filtros Phasis ("Pare de fumar fumando..."): servem somente para diminuir um pouco a introdução do alcatrão no organismo, iludindo assim o fumante na sua expectativa. Nenhuma atuação ocorre sobre a dependência física da nicotina.

- Plano de 5 dias: atendimento em ambiente hospitalar, palestras e programas de atendimento ambulatorial, necessitam visitas repetidas durante alguns dias ou semanas, com resultados nem sempre satisfatórios pelo alto índice de desistências.

- Raio laser: Introduzido no Brasil pelo Instituto Marat em 1983 e pela Action Laser em 1990: Tem resultado limitado e requer frequentemente aplicação de reforço. Deixamos de aplicá-lo.

- Ponto cirúrgico - Ao invés de repetidas aplicações de agulhas durante algumas semanas, um único pequeno ponto cirúrgico permanece por um mês em uma das orelhas. Utilizado por nós até há alguns anos atrás, foi substituído pelo método auricular, mais eficaz (veja conteúdo da página detalhada, para mais informações).

- Reposição de nicotina (adesivo de nicotina, cigarro eletrônico, goma de mascar-pastilha, spray nasal e Snus): são utilizados para repor a nicotina no organismo (em altas concentrações), por via intradérmica ou pela mucosa. São freqüentes as alergias cutâneas no local, bem como possíveis complicações quando utilizados simultaneamente com certas medicações, café, Coca-Cola, chá preto e bebidas energéticas em excesso. O risco é ainda maior quando o fumante apresenta problemas de saúde, tais como pressão alta, colesterol alto, obesidade, diabetes, etc. Nestas condições, os riscos podem ser maiores do que o benefício.

Comparativamente: Um adesivo por dia equivale a fumar de 1 a 2 maços por dia, dependendo da marca. Cada goma ou pastilha (tablets) de 2mg corresponde a fumar de 1,6 a 2,8 cigarros dependendo da marca, o dobro de cigarros para goma de 4 mg. Ver tabela comparativa completa; cigarros por marcas, adesivo e goma de mascar, no link Tabela comparativa-cigarro-adesivo-goma de mascar.

A reposição de nicotina é simplesmente uma forma de continuar fumando, sem inalar fumaça.

- Bup, Zyban, Zetron (Bupropiona) antigo Welbutrim, ou Pamelor (Nortriptilina): são antidepressivos fortes, conhecidos há longa data (medicamentos de tarja vermelha). São utilizados ainda hoje para o tratamento de depressão profunda e apresentam várias contra-indicações. É um tratamento prolongado, assim como a reposição de nicotina.

- Champix/Chantix (Vareniclina):Utilizado como método para "tirar o prazer de fumar" (dopaminérgico) trata-se, no entanto, de potente antidepressivo, com alto custo e principalmente com muitos efeitos colaterais, os quais obrigam o paciente a ser submetido a estrito controle médico.

Pacientes fazendo uso destes antidepressivos, podem apresentar os efeitos colaterais clássicos das medicações psicotrópicas, entre outras, alterações do seu estado emotional, agitação ou sonolência, sendo contra-indicados na gravidez ou para quem dirige automóvel. Não são recomendados para pacientes fazendo uso de álcool ou muito expostos ao sol. Há relato de fumantes que tratados com estas medicações, monitorados pelo seus médicos, tiveram êxito.

Nos Estados Unidos e na Europa há inúmeros antigos e recentes relatos de alterações comportamentais, com as medicações acimas mentionadas, com mortes por lesões acidentais e suicídios (jornal "O Estado de São Paulo" de 23/10). Riscos de graves complicações para fumantes com histórico de problemas cardiovasculares. O que levou o FDA a desaconselhar no final de 2010 o uso destes antidepressivos para esta finalidade.

Publicação do Estado de São Paulo de 23/10/2008

Jornal "O Estado de São Paulo" de 05 de julho de 2011

Recomendações do FDA americano (português)

Recomendações do FDA americano (Inglês)

- NicVac-NicVax - - NicVac-NicVax - Vacina contra nicotina, vacina contra o tabagismo, vacina contra o prazer de fumar :: Estão ainda em fase de estudo e não se conhece os detalhes de seu uso e de seus efeitos colaterais. Não está claro também se é indicada para pessoas que ainda não fumam, mas que pensam em fumar, para aqueles que fumam, ou para pessoas que já pararam, mas que estão em vias de ter uma recaída.

Se tratará certamente de uma outra familia de antidepressivo. Além, disso, o prazer representa apenas uma pequena parcela na manutenção do vício. Isto porque as causas primeiras do tabagismo fazem parte de um contexto bem maior, que engloba a esfera emocional, ambiental, comportamental, familiar, profissional, social, cultural, além do próprio hábito mecânico e seus rituais.

Até o momento, não se comprovou a eficácia da vacina ou destes remédios na eliminação do prazer de fumar ou no hábito em sí, como de qualquer outro.

Tenho fortes motivos para acreditar que esta vacina será mais um desses tratamentos pouco eficazes, que fará os fumantes acreditarem que abandonarão de vez, o prazer, a dependência e o hábito de fumar, iludidos pela palavra "vacina".

-x-x-x-x-x-x-x-

Custo e horários de atendimento

Local de atendimento


**Voltar**

Valid XHTML 1.0 Strict CSS válido!

230813 - Instituto Marat